Ler é importante todos os dias!

A leitura é uma necessidade biológica da espécie. Nenhum ecrã e nenhuma tecnologia conseguirão suprimir a necessidade de leitura tradicional.

Eco , Umberto

Escrevendo ou lendo nos unimos para além do tempo e do espaço, e os limitados braços se põem a abraçar o mundo; a riqueza de outros nos enriquece a nós. Leia.

Silva , Agostinho

Quem não lê, não quer saber; quem não quer saber, quer errar.

Vieira , António

Se apenas leres os livros que toda a gente lê, apenas podes pensar o mesmo que os outros estão a pensar.

Murakami , Haruki

Como leitor, o que eu gosto é de ler e dizer, bolas, é exactamente isto que eu sinto e não era capaz de exprimir. Quando um livro me ensina a explicitar emoções que eu sinto, esse é um livro bom.

Antunes , António Lobo

Ler é sonhar pela mão de outrem. Ler mal e por alto é libertarmo-nos da mão que nos conduz. A superficialidade na erudição é o melhor modo de ler bem e ser profundo.

Pessoa , Fernando

 

Retratos de leitura

Click to play this Smilebox slideshow
Concurso de leitura- 3ºe 4ºanos – LINDOS! FANTÁSTICOS E MARAVILHOSOS! PARABÉNS!!!

Todos os momentos foram importantes! Todos os momentos representaram um pedaço de literacia ajustada à faixa etária.

Dia 2 de março

Leituras encenadas na Biblioteca de Nine

Click to play this Smilebox collage
Refletir desde cedo…

Saiba mais acerca Daniel Pennac ;)!

http://planetamarcia.blogs.sapo.pt/501057.html

4 e 5 de março

Concurso de Leitura

“ Melhor leitor de poesia”

Como já vem sendo tradição, o Agrupamento D. Maria II festejou a 6ª Semana da Leitura com a realização, em 4 e 5 de março, nas Bibliotecas ( Arnoso e D. Maria II) do concurso “O Melhor leitor de poesia” destinado aos alunos das diferentes escolas e níveis de ensino (1º,2º e 3º ciclos).

O concurso mereceu o empenho e a participação entusiástica dos alunos, tendo as suas actuações sido verdadeiramente emotivas e intensas, comovendo os espectadores, principalmente os encarregados de educação dos alunos mais jovens que assistiram emocionados.

Nesse dia a poesia andou “à solta” na Escola

concurso_d_maria

 

Dia 5 de março

O verbo ler não suporta o imperativo, escreveu Daniel Pennac. Podemos obrigar o nosso irmão mais novo a comer a sopa, a mexer-se, a correr, a parar quieto, mas ler é um gesto esquivo, mais autista: podemos fingir que lemos, mas temos a cabeça na lua, a atenção adormecida. O verbo ler não obedece a ordens, mas a pulsões, a instintos: a curiosidade, o apetite, o desejo de algo que não se esgota no seu fim, mas que se vai conhecendo à medida que faz o seu percurso.

Porque a leitura exige mais do que mera descodificação de signos: lê-se palavras, mas estas convocam imagens e outras palavras, recriam outras imagens, mexem-nos o corpo, deliciam-nos, repulsam-nos, fazem-nos perguntas, respondem-nos e perguntam-nos outra vez, deixando-nos em dúvida e em dívida. Um livro lido nunca é um livro acabado: é antes, como escreveu Herberto Helder, um “poema contínuo”, onde vida e texto se cruzam e devêm indiscerníveis.

Por isso, no dia 5 de março, os alunos da Escola Básica de Nine, pertencente ao Agrupamento de Escolas D. Maria II, acompanhados pelos pais, pelos avós, pelos professores e alguns convidados, numa manhã de sol, dedicaram cerca de quinze minutos, a esta liberdade: a liberdade de ler, de pegar num livro e ler. Esta atividade decorreu no âmbito da iniciativa: Famalicão a ler, organizada pelas bibliotecas de Famalicão. Seguidamente, partilharam poemas, trovas populares, contos conhecidos, comemorando o quinto aniversário da Biblioteca Escolar. Entre livros, balões coloridos lançados ao ar e rostos conhecidos, a manhã passou depressa, mas o que fica sempre é a interminável liberdade do silêncio e das palavras que o seguram, num lugar que só quem lê é que conhece: “… sítios que não sei, invenções que não invento, / gente de vidro e de vento, países por achar, / paisagens, plantas, jardins de ar, / tudo o que eu nem posso imaginar / porque se o imaginasse já existia / embora num lugar onde só eu ia…” (do poema “Coisas que não há que há”, de Manuel António Pina).

 

Texto adaptado de Diogo Martins, Investigador da Universidade do Minho

 

Click to play this Smilebox slideshow
Parabéns a todos e OBRIGADA!!!

 

(Artigo em construção)

One thought on “Ler é importante todos os dias!

  1. Ler, deveria ser uma necessidade, como a de comer
    Não engorda, nem tem contra indicação
    Alimenta o nosso cerebro e aquece o nosso coração!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: